receita-significado-cappuccino-starbucks-como-pronunciar-cortado-latte
Receitas e Dicas

Espresso Macchiato: O que É? Como Preparar?

Puro, com leite, Cappuccino, espresso, existe basicamente uma infinidade de diferentes tipos de café que você pode provar, dá até para experimentar um por dia se quiser e dificilmente você vai repetir a receita até o fim de uma semana.

Este é o universo do café. Com tantas opções, nosso foco aqui será no espresso Macchiato.

Qual é a história do seu nome?

Como dá para perceber pelo seu nome, é um café de origem italiana. A palavra Macchiato, que faz parte do vocábulo italiano, significa mancha ou marca, e tem tudo a ver com essa bebida, que leva uma “mancha” de leite – uma pequena dose, só para manchar mesmo – no topo do espresso.

Conta-se que manchar o espresso veio do fato de que os batistas precisavam marcar o espresso Macchiato para que os garçons pudessem distinguir este de um espresso simples.

Conhecemos esse café por aqui como um famoso pingado vendido em praticamente qualquer padaria. Já no México a bebida é chamada de cortado, o que gera uma certa confusão, pois em outros países existe um líquido de mesmo nome, mas este leva muito mais leite do que o Macchiato.

O que é esse Macchiato?

Ele é uma bebida à base de espresso, simples ou duplo, que leva uma pequena, quase insignificante dose de leite aquecido no topo, literalmente uma “mancha”.

Muito presente na culinária italiana, o Macchiato costuma ser servido em xícaras pequenas.

Por lá, os italianos preferem começar o dia com um Cappuccino e na parte da tarde tomam o Macchiato, que tem um sabor mais forte e um toque doce proporcionado pelo leite.

Como é feito o espresso macchiato?

Esta bebida costuma levar uma dose normal de espresso – ou duplo – com uma ou duas colheres de chá de leite, que é cozido no calor para que fique com uma camada visível de espuma. Esta é composta por pequenas bolhas.

Como pedir um espresso macchiato?

Se você estiver na Itália e pedir um Macchiato, de certo o barista vai entender que você quer um espresso com uma pequena dose de leite. Agora, em outros lugares, é bom ser bem específico, caso contrário você pode receber um Latte Macchiato, que é o oposto deste outro.

Uma criação do Starbucks, o Latte Macchiato é o oposto da versão italiana. Isso porque a bebida é basicamente leite com uma pequena dose de café espresso no topo. Outra diferença entre esses dois é o recipiente onde ele é servido.

Como todo espresso, o Macchiato é servido em uma xícara pequena, já o Latte costuma vir em um copo alto. Aliás, na Itália você deve pedir um Caffee Macchiato, para evitar qualquer tipo de confusão.

Quais são os ingredientes?

Bom, ele é bem fácil de fazer pois leva apenas dois ingredientes, grãos de café de alta qualidade e frescos – que devem ser moídos na hora – e leite, também fresco.

E o legal é que você pode adaptar para o seu gosto pessoal. Para os veganos, por exemplo, dizem que a versão do Macchiato com leite vegetal, principalmente o de aveia, é deliciosa, mas é claro que você pode optar por outras versões.

Outra dica de quem entende sobre o assunto é não fazer, em hipótese alguma, um Macchiato com leite desnatado. Dizem que ao usar o desse tipo você perde boa parte da textura da espuma, já que a mancha de leite é composta por pequenas bolas. Ao mesmo tempo que ele também interfere no sabor da bebida.

Como é apenas uma dose mínima, acho que você não precisa se preocupar com as calorias.

Claro que não podemos nos esquecer da cafeteira. Você até consegue fazer a espuma de leite em casa com uma leiteira simples, o que interessa aqui é a temperatura que o líquido vai ser fervido.

Ah, e se tentar fazer em casa, você tem que ferver uma quantidade muito maior de leite, pois a dose que vai no café é muito pequena e dificilmente vai chegar na sua textura final em uma quantidade tão baixa. É normal, pois até na máquina automática o barista não consegue uma espuma perfeita na primeira extração.

Sendo assim, chame mais pessoas para tomar com você, assim não sobra leite, ou você deixa para usar as sobras depois.

Já para extrair um espresso de verdade é ideal que você tenha uma cafeteira que faça esse tipo de extração, pois aquelas que vão no fogo não são capazes de fazer um verdadeiro espresso.

Neste caso, você precisa levar tudo em consideração, ou seja, se vale a pena você comprar uma máquina só para isso ou se é melhor matar sua vontade em uma cafeteria qualquer.

Para quem bebe café, não só Macchiato, com frequência, com certeza vale a pena ter uma máquina automática de espresso em casa, agora, se você bebe uma vez ou outra, é melhor procurar por uma cafeteria.

E para fazer um doppio espresso Macchiato, é a mesma coisa?

Sim, já que trata-se de um Macchiato duplo, a única coisa que vai mudar é que você vai ter que dobrar a quantidade dos ingredientes.

Ou seja, a dose de espresso, que vai ser dupla, e um pouco mais de leite também. Além disso, como tem mais volume, você provavelmente vai ter que servir em um copo de espresso maior, só para evitar que o líquido caia ou algo do tipo.

Conclusão

Se você gosta de café, mas acha um espresso puro muito forte, esta bebida é uma excelente opção para você, já que o leite consegue amenizar as características comuns dessa extração.

Mas o Macchiato não deve ser descartado para quem prefere um espresso original, puro. Afinal, experimentar coisas novas é sempre algo bom, além disso, você ainda dá uma variada no cardápio de bebidas e sai da mesmice.

Referências:

https://www.coffeeness.de/en/espresso-macchiato/

https://www.drinktrade.com/blog/education/what-is-a-macchiato-espresso

https://beans.at/en/kaffeewissen/kaffeerezepte-zubereitung/aus-italien/espresso-macchiato

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!