gelado-como-fazer-cappuccino-iced-coffee-diferença-receita-cremoso
Receitas e Dicas

Como Preparar o Café Americano?

Apesar do Brasil ser um grande consumidor de café, outros países também adoram essa bebida e não dispensam uma xícara deste líquido para começar o dia.

Um outro país que ama café é o Estados Unidos, e não é à toa que por lá os americanos costumam beber copos de 300, 400 e até 500 ml desta bebida. O que pode até parecer estranho para nós já que poucos têm o hábito de beber puro, ainda mais em grande quantidade.

Mas, o que muitos não sabem é que esse hábito de tomar grandes quantidades de café está relacionado ao fato que a bebida americana é muito mais suave do que a versão tradicional do Brasil.

Então, se está à procura de uma bebida mais suave, você precisa experimentar o café americano. Vamos te ensinar a fazer o seu logo a seguir.

Antes de irmos para o seu preparo em si, vamos citar alguns pontos que são importantes na hora que você estiver fazendo o seu em casa.

1 – Se atente ao grão que vai escolher

Antes de se preocupar em seguir uma receita, que tal pensar no grão que pretende comprar para fazer o seu café americano?

O café ideal vai dá sua preferência, tem mais forte, mais suave, com grãos Arábica, mais adocicados, mais ácido, e por aí vai.

Ah, e de preferência para os cafés de qualidade, como os que são feitos com grãos 100% Arábica. E se possível, utilize grãos ao invés de pó, mas só se tiver moedor em casa. Se não tiver, não tem problema.

2 – Fique atento com a temperatura da água

Para preparar um bom café americano é preciso ficar atento a temperatura da água que não pode ser muito quente, caso contrário ela vai queimar o pó.

Após ferver, aguarde alguns minutos antes de despejar a água no pó ou já desligue o fogo assim que as bolhas começarem a surgir e espere um ou dois minutos.

3 – Na caneca

Pode parecer besteira, mas se quiser experimentar o verdadeiro café americano você precisa servi-lo na caneca e, preferencialmente, quente. Os copos térmicos também são válidos, se desejar.

Qual é a sua origem?

O café americano surgiu de uma necessidade, na verdade. Com o intuito de fazer a bebida render mais, os soldados americanos que lutaram na Segunda Guerra Mundial passaram a acrescentar água nele, criando um líquido mais leve e suave, perfeito para quem não gosta dos traços mais fortes, como o amargor, por exemplo.

Uma outra versão da criação dessa bebida, que também se passa na Segunda Guerra Mundial, é que baristas italianos inventaram o café americano com o intuito de agradar esse público, que reclamava do sabor tradicional do espresso, que é amargo e intenso.

O fato deles terem o hábito de tomar café com leite em casa também ajudou para que o método tradicional de extração não agradasse a todos.

Por conta dessas reclamações, os baristas começaram a diluir o café com água quente, suavizando esses pontos mais fortes da bebida.

Aliás, é por conta disso que muitos falam que o café americano é aguado, o que não é verdade. Ele realmente leva mais água, mas, na verdade, ele é suave e não sem gosto. São coisas bem diferentes!

Quais são as 3 alternativas deste café?

1ª alternativa

Existem três formas de você consumir/preparar o café americano. A primeira e a mais clássica delas é fazer você o café americano com água quente e filtro de papel. Mas você também pode usar uma cafeteira elétrica que utilize filtro.

Neste formato você vai usar 50 gramas de café para um litro de água.

Mas a verdade é que não existe uma receita certa e você pode ir testando as medidas, tanto do grão quanto da água, até achar a sua preferida.

2ª alternativa

Uma outra forma de ingerir esse café é por meio das cápsulas. Se você não tem ou não quer perder tempo preparando uma jarra de bebida todos os dias, basta comprar uma máquina de monodose junto com as porções de café americano e ser feliz.

O café em cápsula já é passado na quantidade e na temperatura ideal da bebida.

3ª alternativa

Apesar dos americanos terem o hábito de ingerir a bebida quente, estamos em um país tropical, então tudo bem se você quiser adicionar umas pedras de gelos para deixar o líquido mais refrescante.

Assim você tem duas opções para estações diferentes: quentinho para o frio e geladinho para os dias mais quentes.

Como é preparado o café long black e qual a diferença para o americano?

O café americano é confundido com outras bebidas que tem alguns pontos parecidos com ele, mas o método de preparo entre eles é diferente.

Por exemplo, o long black, uma bebida muito consumida na Nova Zelândia e na Austrália, leva os mesmo ingredientes do café americano, ou seja, água e espresso, por outro lado, o método de preparo é diferente. Aqui, primeiro se acrescenta a água e depois o café.

Já no café americano o pó de espresso é diluído com água quente. Primeiro o grão e depois a água.

Qual é a diferença do café americano para o coado brasileiro?

Para começar, nosso café tradicional não é feito com espresso. Mas a principal diferença está no método de preparo.

Enquanto o café americano é feito passando água em alta pressão em um grão com uma moagem fina, o filtrado ou coado é feito colocando água quente sobre o pó, que é coado pelo filtro.

Conclusão

A verdade é que a gente só toma o mesmo tipo de café se quisermos, pois opções não faltam. Se você, assim como nós, não gosta dos traços mais fortes da bebida, como o amargor, então deveria experimentar a versão americana desse líquido.

Contudo, é preciso ficar atento ao nível de cafeína, que é muito mais alto no café americano do que no brasileiro. E se você não tem o hábito de tomar muito essa bebida pode servir em canecas menores, não tem problema nenhum.

Tirando isso, não tem porquê você não provar um café tipicamente americano.

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!