expresso-brasil-italiana-cafe-brasil-cafeteira-la marzocco-ucoffee

As Melhores Máquinas de Café Profissional e Industrial para Sua Cafeteria

No celular gire a tela para ver a tabela completa

PosiçãoMáquinas de Café ProfissionaisPreçoOnde Comprar
1Nespresso ES 80R$2.000,00Ver
2Nespresso ExpertR$1.000,00Ver
3Expresso Barista
Três Corações
R$804,55Ver
4Espresso Gesto
Três Corações
R$849,00Ver
5Italian Coffee – Elite 2020 EAE 3 GruposR$18.000,00Ver
6Italian CoffeeFrancis FrancisR$1.074,90Ver
7Astoria Linha TanyaR$12.600,00Ver
8Automática Navaglio da GAGGIAR$4.048,92Ver

É notório como o café tem se tornado um tipo de bebida muito admirada em todo o Brasil.

Dificilmente você encontrará uma pessoa que não o aprecie, isso é verdadeiramente muito raro.

Em qualquer lugar sempre haverá um indivíduo amante do café, e por isso, muitas vezes adquirir uma boa e funcional cafeteira industrial é a coisa mais acertada a se fazer.

O dia, para muitos, não se inicia enquanto a pessoa não tomar uma xícara de um bom café e, por esse motivo, a cafeteira industrial se tornou indispensáveis para as padarias, restaurantes e as famosas cafeterias.

Além disso, ela é aderida para os diversos ambientes empresariais e até mesmo, há quem gosta de ter uma em casa com exclusividade.

Como Escolher a Melhor Máquina de Café Profissional?

Café é seguramente a segunda bebida mais consumida em todo o planeta. Conquanto, o tipo espresso oferece uma experiência mais encorpada, intensa e mais forte dessa bebida.

A cada dia que passa, as máquinas de cafés espresso se modernizam ainda mais e devido a sua funcionalidade, eleva o interesse das pessoas em adquiri-las.

A dúvida mais comum entre os empreendedores iniciantes, no ramo dos coffee shop, é sobre o modelo do equipamento adequado para o seu negócio.

É essencial que o empreendedor fique atento ao quesito custo x benefício no momento de comprar a máquina.

Esse fator está diretamente associado ao público alvo e ao tipo de cliente que deseja atingir.

O universo dessa bebida, fica cada dia mais variado e amplo. Entretanto, há inúmeras formas de prepará-la bem como consumi-la.

Mas o que de fato é preciso considerar no momento da compra para não errar?

Os fatores mais importantes são:

1 – Utilização

É importante saber exatamente como a cafeteira será utilizada, ou seja, se será no ambiente empresarial, em casa, em escritórios, restaurantes, cefeterias ou em hotéis.

Se precisa de uma máquina para comércio, é ideal investir em uma mais profissional que seja capaz de atender altas demandas com agilidade e eficácia.

2 – O tamanho

Há diversos tamanhos disponibilizados no mercado. E por isso, analisar o espaço que cada uma demanda para armazenamento é muito importante.

Existem versões compactas para pouco espaço bem como também há opções maiores ideais para bares, cafés e padarias, por exemplo.

3 – Com moedor agregado

Muitas pessoas preferem a cafeteira que possui um moedor incluso, pois permite a moagem no momento da preparação da bebida.

Eles afirmam que, esse processo deixa o café mais atrativo, saboroso e melhor. Além de ser uma função que agrega praticidade para quem prepara, ou seja, não há a necessidade de moer separadamente.

4 – Moagem adaptável

Especialmente para as cafeteiras que possuem a opção de moagem, é interessante se a mesma conta com a função de controle do grau desse processo.

Melhor dizendo, que a mesma permite decidir até qual ponto deseja que o grão seja moído.

Além disso, há versões que é possível ainda controlar a quantidade da bebida para cada dose. Isso é também, um ponto muito importante a ser considerado.

5 – A velocidade

Existem cafeteiras que são mais ágeis e outras um tanto mais lenta no processo de preparação de café.

Ambientes profissionais, no entanto, demandam mais praticidade e agilidade para servir.

Desse modo, é preciso ficar de olho naquelas opções com alta velocidade de preparação e se o produto final é entregue dentro do esperado.

Diferenças principais entre as cafeteiras domésticas e as máquinas profissionais

Tanto cafeteiras domésticas quanto as industriais, possuem semelhanças em seu funcionamento.

Alguns itens integram toda máquina de café tipo expresso, e são os seguintes:

  • Filtro – Sua função é filtrar água e eliminar resíduos e/ou gostos indesejáveis.
  • Manômetro – Ele é incumbido de controlar a pressão na caldeira e também da água. Ele garante que tal pressão se mantenha em torno dos 9 bar (ou 8,882 atm).
  • Bomba elétrica –Pressuriza a água já filtrada que se divide para encher devidamente a caldeira e preparar a bebida.
  • Caldeira em cobre – Ela é capaz de aquecer a água a 90ºC utilizando uma resistência. Os termostatos controlam a temperatura no vapor e pode chegar até 119ºC.
  • Grupo para extração – Esse, é um compartimento totalmente removível e que recebe a bebida após o preparo e também é o local o qual se passa a água sob a pressão, formando então o espresso.

Mas então, quais são as maiores diferenças entre elas? São o quesito proporção e também a sua complexidade.

As domésticas tendem a ser compactas permite no máximo a extração de 2 cafés em cada vez.

Já as industriais, são mais elaboradas e preparadas para até quatro grupos para extração.

As profissionais exigem usuários profissionais para o seu manuseio. Os processos são mais complexos, minimalistas e exigem atenção para que o café saia extremamente o mais perfeito possível.

Além disso, elas podem contar com aquecedores para xícaras que evita o choque de temperatura no momento de servir o café quente.

Outro é que, há a alternativa se retirar água quente para preparar chás e outros tipos de bebidas, por exemplo.

É por fim, o tubo do vapor para vaporizar o leite e preparar as bebidas com espumas.

Comprar ou alugar cafeteiras industriais para sua cafeteria?

Especialmente para quem deseja trabalhar com a cafeteira, calcular a forma mais viável financeiramente é indispensável.

Para cada situação existe a melhor alternativa. Muitos ainda ficam em dúvida e, por isso, sugerimos algumas dicas.

Inicialmente, para quem não possui muito capital para investir, a opção de locação é um tanto atrativa e tende a parecer até mais segura.

Entretanto, se essa for a sua escolha, é importante saber que esse terá um custo fixo para a empresa.

Em contrapartida, se a compra da máquina é efetuada, ela fará parte do bens e ativos da organização.

Às vezes, em determinadas situações compensa solicitar um financiamento bancário para efetuar a compra da cafeteira ao invés de locar.

Isso principalmente com a incidência baixa da taxa de juros na situação econômica atual.

Sugere-se, portanto, avaliar a situação de cada demanda bem como os custos mensais e assim fazer a melhor escolha.

  • Comprar – Atente-se quanto a garantia das peças, opções de manutenção e/ou reformas que a empresa disponibiliza no contrato de compra.
  • Alugar – Fique de olho aos custos mensais, bem como disponibilização de serviços de assistências, reparos, manutenção e reposição de peças oferecidos pela empresa locadora.

Bem, cada situação possui uma demanda e particularidade, por essa razão, independentemente da cafeteira escolhida, é primordial analisar os custos bem como também os benefícios que cada opção dispõe.

Procure então, por marcas sólidas e que possuem reconhecimento dentro do mercado nacional e que, principalmente, ofereça o suporte adequado em sua região.

Afinal de contas, o espresso é, em grande parte dos cafés, a extração mais pedida e adorada entre as pessoas que consomem a bebida fora de casa.

Prós e contras de uma máquina de café profissional:

A seguir, colocamos os prós de se ter uma cafeteira profissional e também os seus contras:

Pontos positivos de uma máquina industrial de café:

  • Existem versões mais compactas e versões bem grandes, atendendo qualquer tipo de demanda;
  • Há opções com preços mais acessíveis;
  • Há opções com a função de moer na hora e de monitorar a quantidade de café;
  • São mais rápidas;
  • Podem servir mais de duas xícaras em uma única vez;
  • São adequadas para as empresas, mas são aptas também para sua casa.

Pontos negativos ou Contras de cafeteiras profissionais:

  • A grande maioria possui um custo bem elevado;
  • Tendem a exigir manutenção mais complexa.
  • Quem foi operar a máquina precisa fazer um treinamento/curso para extrair o melhor dela.

Quantos as caldeiras e grupos: Simples, em duplas ou múltiplas?

Sabemos que as máquinas que possuem tecnologia de várias caldeiras são certamente mais produtivas. Apesar disso, as que possuem caldeira simples não devem ser discriminadas.

Confira abaixo as características de cada uma delas:

Caldeiras simples:

Há inúmeras versões de máquinas que contém caldeira única. Sua função, todavia, é aquecer a água para extrair café e ainda para fazer a vaporização adequada do leite.

Vale lembrar que, as que dispõe de caldeira única, dispõe de maior chance de variar a temperatura, principalmente nos horários mais movimentados.

Além disso, não é possível determinar a pressão para extração separadamente da pressão de vaporização.

Caldeiras Duplas:

Nas que possuem duplas caldeiras, há um bombeamento da água pela rede hidráulica direcionada para as duas caldeiras.

Comumente, uma é dedicada para o processo de vaporização e a outra para atender as outras demandas como a extração, por exemplo.

A temperatura de cada opção pode ser ajustada de maneira individual e separada.

Múltiplas Caldeiras:

As múltiplas operam de forma similar à das duplas. Há apenas alguns adicionais que contribuem para seu funcionamento. Ou seja, uma caldeira para cabeça de cada grupo.

Há alguns modelos que, oferecem mini caldeiras além das principais de grupo, sendo uma para produzir o vapor, uma para realizar a extração e outra para distribuir água entre as minis.

Tal sistema proporciona uma precisão máxima e ainda maior estabilidade na temperatura.

Bars, o que é e como saber quanto é bom?

Quando se fala no bar relacionado às máquinas industriais, é referente a unidade de medida de pressão.

Bar é uma unidade de pressão e equivale a exatamente 100 000 Pascais, ou melhor, 14,5 psi.

O bar nas máquinas industriais podem variar entre 9 até 15. Já as domésticas precisam que sejam maior para ser satisfatório.

O bar aponta a quantidade da pressão na água que está sob circulação. O controle e equilíbrio é imprescindível para uma bebida de qualidade. Todavia, um nível baixo demais ou alto demais da pressão não são ideais para fazer um café bom.

A pressão da cafeteira é essencial para extrair um excelente café. Para preparar a bebida, é preciso aquecer a água e passá-la no filtro o qual está acondicionado o pó.

A pressão adequada é capaz de fazer a água absorver em sua totalidade o sabor e o aroma do café.

Além disso, ela está diretamente ligada a cremosidade e também a intensidade da bebida.

Existe uma certa teoria que alguns baristas famosos seguem a máxima de que o valor de 9 bar de pressão é a que se usa para produzir o melhor café, extraindo assim a excelência de cada ingrediente.

Qual a diferença entre as Manuais, Semiautomáticas, Automáticas e Super automáticas?

A cafeteira profissional é uma ótima alternativa para quem trabalha no ramo de hotelaria, em restaurantes, padarias café e até mesmo bares.

Como já mencionado, há amantes dessa bebida que aderiram a esse tipo de cafeteira para ter em sua casa ou no ambiente profissional.

A mais comum existente no mercado é a versão semiautomática, porém, há outros tipos disponíveis como:

  • Manual – Essa opção é para as pessoas que são especialistas em preparar um café. Ela permite o controle de todos os itens como, por exemplo, a pressão e a quantidade do café. Geralmente são mais baratas e ótimas opções para as pessoas que amam colocar mão na massa para preparar um bom cafezinho.
  • Semiautomática – Essa é a mais utilizada principalmente em hotéis. Pode-se controlar a moagem, a quantia de água e de pressão. A preparação inicia logo ao apertar o botão e para o término o mesmo deve ser pressionado novamente.
  • Automática – Esse tipo funciona em sua totalidade apenas com o acionamento de um botão. Não há a necessidade de pressionar para terminar a extração. Alguns modelos ainda permite a modificação da quantia de água que sairá de maneira automática. Essa versão é para quem ama tecnologia e dispõe de orçamento para investir.
  • Superautomática – Seu funcionamento é similar ao anterior. O que de fato diferencia, é o moedor de café agregado. Ao pressionar o botão, a máquina se incumbe de moer os grãos, fluir a água e extrair a bebida de forma automática.

Melhores Máquinas de Café Profissionais da Nespresso:

A Nespresso é uma empresa que investiu nos modelos profissionais compactos e que podem ser ideais também para ter em casa. Confira abaixo nosso seleção:

1 – Nespresso ES 80

pro-capsulas-prico-brasil-cafefacil-maquina-de-cafe-expresso-profissional-aluguel

Essa versão, conta com uma performance profissional e oferece um café com mais sabor, mais cremoso e de muita qualidade.
Possui um sistema auto stop, ou seja, basta apertar apenas uma vez e o café é extraído na medida ideal.

Vantagens

  • Potente;
  • Comporta até 1,9 litros;
  • Possui bico de vapor e de água quente;
  • Extrai o café na média de 20 segundos;
  • Recipientes individuais para água e para cápsulas já utilizadas. Isso garante mais higiene.
  • Compacta.

Desvantagem

  • Preço um pouco elevado.

Seu custo médio é de R$2.000,00.

2 – Expert

nespresso-com aeroccino-expresso-preço-manual-bluetooth

Esse modelo é de fato a mais tecnológica entre as produzidas pela Nespresso.

Vantagens

  • Possui design arrojado e diferenciado;
  • Com ela é possível elaborar um excelente expresso nas versões americano, lungo ou ristretto (varia de 25 até 125 ml de bebida). É um diferencial, pois, não são todas as cafeteiras que dispõe dessa função;
  • Conta com a tecnologia de Bluetooth – é possível fazer a programação mesmo em distância;
  • É permissível programar a hora desejada para que a bebida esteja pronta;
  • Permite a escolha de qual temperatura deseja o café. Ela conta com 3 alternativas distintas;
  • Comporta 1,1 litros;
  • Possibilita o controle de estoque das cápsulas (recipiente para 14 capsulas usadas) e a hora certa de pedir novas.

Desvantagem

  • Elevado custo.

Quando se compara com as outras versões, de fato o seu preço é bem elevado. Entretanto, a sua alta tecnologia, qualidade e funcionalidade explica essa elevação.

Preço médio de R$1.000,00.

Melhores Cafeteiras Industriais da Três Corações:

3 – Expresso Barista

resenha-3l-nescafe-manual-profissional-220v-vermelha-maquina-de-cafe-3

Vantangens

  • A barista é bem completa e com ela é possível preparar as bebidas que são mais elaboradas;
  • Ela conta com um reservatório para a água e outro para colocar o leite. Além de dispor de um vaporizador para dar mais cremosidade para qualquer bebida;
  • Possui um reservatório de água e um de leite, separados. Ainda conta com vaporizador só para o leite.
  • O reservatório do leite é totalmente removível, o que permite o armazenamento em geladeira;
  • Acomoda 1,3litros de água e 500ml de leite.
  • Possui o controle da pressão ideal para o preparo.

Desvantagens

  • Permite o preparo apenas de bebida quente;
  • Tamanho grande e pesada;
  • Prepara apenas uma xícara por vez.

O preço é de aproximadamente R$804,55.

4 – Espresso Gesto

e boa-tres coracoes-manual-3-preta-da-modo

Vantagens

  • Ela possui vaporizador que deixa as bebidas mais cremosas;
  • Possui três tipos de botões para acionar a quantia, a pressão e qual bebida deseja preparar;
  • Ela tem a função de descartar automaticamente as cápsulas e ainda com a opção de retrolavagem, o que verdadeiramente facilita o processo de limpeza;
  • Possui avaliação boa entre as pessoas que a compraram;
  • Visual muito bonito;
  • Prepara café, chá e outros tipos de bebidas com o leite.

Desvantagem

  • Permite o uso apenas das cápsulas da marca Três Corações.

O preço médio é de R$849,00.

Melhores Cafeteiras Profissionais Italianas:

5 – Italian Coffee – Elite 2020 EAE 3 Grupos

maquina-torino-preco-manutencao-usada-assistencia-tecnica-de-cafe-mercadolivre-telefone

Vantagens

  • Conta com acionamento semiautomático ou automático;
  • Possui tubo de vapor em inox;
  • Tem saída para água quente com função antirespingo;
  • Conta com um aquecedor para xícara;
  • Enche a caldeira de forma automática;
  • Dispõe de sensor para controle do nível da água e do salva-resistência;
  • Possui um manômetro com escala para a caldeira;
  • Design inovador e eficiente;
  • Apresenta luzes combinadas e sutis, perfis com led e melhor desempenho;
  • Feita em aço mais refinado;
  • Alto rendimento e desempenho;
  • Fácil de higienizar;
  • Conta com 3 grupos, botoeira e pulsador retro-iluminado.

Desvantagens

  • Custo muito alto;
  • Tamanho exagerado;
  • Peso elevado.

Bom, essa é uma opção para grandes bares, e restaurantes. É de fato para quem precisa atender uma demanda muito significante todos os dias. Isso porque o investimento é alto, mas, em contrapartida garante agilidade, funcionalidade e qualidade na hora de servir o seu cliente.

O custo de aquisição fica em torno de R$18.000,00.

6 – Máquina de café Francis Francis!

maquina-de-cafe-francis-cafeteira-illy x 3

As cafeteiras italianas são ótimas para quem deseja aproveitar o que há de melhor do café. A Francis Francis, no entanto, é a italiana espresso por excelência.

Vantagens

  • Possui sistema para extrair pelo café moído e também pela utilização de cápsulas;
  • Foi a primeira cafeteira classificada em design;
  • Possui dez cores diferentes;
  • Leveza, funcionalidade e praticidade;
  • Limpeza simplificada;
  • Possui função de parada automática;

Desvantagens

  • Preço um pouco alto;
  • Não oferece opção de moagem.

Seu preço fica em torno de R$1.074,90.

Melhores Máquinas de Café Profissionais de outras marcas:

7 – Astoria Linha Tanya

maquinas-2 grupos-astoria 1 grupo-maquina

Vantagens

  • Compacta;
  • Possui 2 grupos para café;
  • Os painéis da lateral são termoplásticos;
  • Possui um compartimento para café e para porta-filtros com especificidades para cápsula ou saché;
  • A caldeira é de aço e as bombas são independentes;
  • Possui uma regulagem eletrônica da temperatura do café e dos grupos;
  • Utiliza-se o teclado para programar a temperatura ideal da caldeira;
  • Conta com indicações luminosas sobre o nível da água bem como também da escassez d’água nas opções que contém armazenamento;
  • Comporta quatro litros;
  • Dispõe de 2 bocais para vapor;
  • A água quente é fornecida de maneira automática;
  • Produz a espuma do leite;
  • Possui uma função “Cappuccinador”;
  • Faz ligação direta com a rede hídrica.

Desvantagem

  • Demanda investimento alto;

Preço médio de R$12.600,00.

Embora o preço seja elevado, é uma opção ótima para investir. A compacta profissional é ideal para cafés, padarias e restaurantes que dispõe de menos espaço.

8 – Expresso Automática Navaglio da GAGGIA

manual-cafe-syncrony-logic-anima-cafeteira-naviglio

Vantagens

  • Possui opção de moagem de grãos;
  • Possui opção de regulagem da moagem desses grãos;
  • Possui regulagem da quantia de café;
  • Dispõe de vaporizador para dar mais cremosidade às bebidas como o capuccino e o latte machiatto;
  • Possui um corpo ABS preto fosco e que harmoniza com qualquer tipo de ambiente;
  • Permite a extração de café apenas pressionando um botão;
  • É possível ajustar o nível da moagem, de altura, quantidade de água e ainda a intensidade da bebida.

Desvantagem

  • Investimento um pouco elevado;
  • Faz somente uma xícara de cada vez.

O valor é aproximadamente R$4.048,92.

CONCLUSÃO

O café, além de ter se tornado uma bebida amada e uma das ou a mais consumidas em todo o mundo, é um componente certamente social.

Ele está presente em inúmeros encontros, eventos e reuniões diárias das pessoas.

As máquinas de café industriais são verdadeiramente muito valorizadas por quem ama essa bebida.

Algumas pessoas optam pela cafeteira que oferece mais simplicidade e rapidez no processo de extração.

Outras, no entanto, preferem adquirir aquelas que oferecem mais comodidade e que ainda contam com moedor agregado.

Apesar disso, saiba que, independentemente de qual seja a sua seleção, desde que seja a mais adequada para a sua necessidade, certamente você ficará muito satisfeito (a).

Vale lembrar alguns pontos de importância na hora de analisar qual máquina de café você procura, como:

  • Recursos financeiros;
  • Espaço disponível;
  • Demanda diária;
  • Tipos de bebidas que deseja disponibilizar.

Referências:

https://www.homegrounds.co/best-commercial-espresso-machine/

https://www.espressoparts.com/blogs/news/best-commercial-espresso-machines

https://coffeechronicler.com/gear/espresso-machines/best-commercial/

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!