lúcia-e-bom-monte-siao-mg-luci-organico
Curiosidades

Café Santa Lúcia é Bom? Resenha e Review!

O que existe de melhor no universo do café, além dele próprio? Variedade!

Provavelmente pelo fato do Brasil ser o maior produtor deste fruto, temos aqui, ao nosso dispor, uma quantidade infinita de opções de grãos para consumir.

Temos marcas brasileiras para todos os gostos e bolsos. Dentre as que estão atuando no mercado, hoje vamos falar do café Santa Lúcia.

Se você já tinha curiosidade em saber mais sobre a marca e seus produtos, veio ao lugar certo.

O que é o café Santa Lúcia?

Bom, como o próprio nome já dá a entender, o café Santa Lúcia é uma companhia que trabalha com a produção desses grãos. Mais precisamente, é uma empresa especializada no cultivo de café espresso gourmet.

A Fazenda Santa Lúcia, onde ocorre a produção, fica localizada no sul de Minas Gerais, na cidade de Monte Sião. E para quem acha que a companhia é nova no mercado, muito se engana. A marca está na ativa há mais de 100 anos.

Trabalhando com três tipos de blends, os cafés da empresa detém aroma único e um sabor suave na boca. Além desses, a companhia também oferece de dois a três microlotes de café, anualmente.

Atualmente, a Fazenda trabalha com um milhão de pés de grãos 100% Arábica.

Quais são os tipos de café oferecidos pela empresa?

Origem Moído

Cultivado em Monte Sião, em terrenos com uma altitude de varia de 900 a 1100 metros acima do nível do mar, esse café é ideal para quem tem máquina de espresso em casa.

É um grão super cremoso, encorpado, com um retrogosto doce e prolongado.
Ele está disponível em pacotes de 500 gramas.

Origem Intenso

O café Origem Intenso da Santa Lúcia é um blend que leva grãos do tipo Arábica e Robusta, de altíssima qualidade.

Por conta disso tem um corpo intenso, com uma acidez que vai de baixo a médio. Detém notas de especiarias e chocolate, com um retrogosto prazeroso e longo no paladar.

Também é vendido em pacotes de 500 gramas.

Safra Especial grão

Para quem gosta de umas linhas mais especiais, limitadas, precisa provar a safra especial.

É um café com acidez fina, encorpado, super cremoso e com um retrogosto único e prolongado.

Ao contrário dos outros que citamos, este é produzido em terrenos com uma altitude que varia de 1000 a 1200 metros acima do nível do mar.

A boa notícia é que mesmo sendo uma safra especial, está disponível em pacotes de 500 gramas, então vai dar para você aproveitar bem.

Amarelo especial moído

Esse café amarelo especial moído vai agradar quem prefere uma acidez fina em um grão suave.

Na xícara se transforma em uma bebida com alta cremosidade, além de ter um retrogosto longo, fazendo você aproveitar as características do café por mais tempo.

Amarelo especial grão

O amarelo especial é o mesmo que citamos acima, mas ao invés de ser moído, ele é vendido em formato de grão para você mesmo moer em casa – obviamente que é preciso um aparelho específico para isso.

As características são as mesmas do anterior e ele está disponível em embalagens de 500 gramas.

Sachê origem

Podemos dizer que essa é a maior novidade para nós: café em sachê. E a Santa Lúcia trabalha com esse formato.

Em uma embalagem de 140 gramas, você terá um café torrado e moído, com alta cremosidade, encorpado e um aftertaste doce e longo.

A opção perfeita para quem gosta de praticidade.

Cápsula Intenso

E falando em praticidade, sim, você também tem opções de café em cápsula da Santa Lúcia. Uma coisa que com certeza chama atenção nessa linha, é a embalagem.

Essa, por exemplo, é uma lata toda preta, com alguns detalhes em mostarda. Belíssima!

Compatível com as cafeteiras da Nespresso, é um café intenso feito com um blend de cereja natural, robusta e Arábica.

Detém um corpo intenso, com uma acidez que vai de média a baixa, com um retrogosto longo e notas de especiarias e chocolate.

A embalagem de 500 gramas vem com 10 cápsulas.

Cápsula Suave

Para quem for provar o cápsula suave vai se deparar com um grão 100% Arábica originário de um blend de café de cereja descascada, que são grãos selecionados e maduros.

A bebida tem um aroma e sabor muito bem equilibrados. A sua torra leve deixa o grão bem delicado no paladar.

Também vem em lata, com 10 cápsulas.

Expresso especial moído

Para aqueles que preferem um saco maior, esse expresso especial é vendido em embalagens de um quilo.

Trata-se de um café de alta cremosidade, encorpado, com um retrogosto doce e prolongado.

Onde encontrar para comprar e qual é seu preço médio?

Isso fica a critério de cada um, mas é impossível negar que compras na internet são muito mais fáceis e em conta.

Além do mais, é meio difícil achar algumas marcas em supermercados. Este local normalmente trabalha com cafés mais populares, do dia a dia.

Uma outra vantagem de fazer isso pela internet é que você compra direto do produtor, basta acessar o portal online da Santa Lúcia. É possível também achar alguns produtos em outros E-commerces. Só não esqueça de fazer uma comparação de preço antes de finalizar a compra, é claro.

Mas então eu não acho cafés da Santa Lúcia no mercado? Olha, isso vai depender muito do lugar que você compra e do catálogo que a loja trabalha, mas talvez seja possível sim.

Com relação aos preços, uma coisa já te adianto: você não vai pagar 10 reais em um saco de café Santa Lúcia, isso porque é um grão de qualidade, com um processo de produção – antes, durante e depois – muito cuidadoso e elaborado. Mas também não é um preço fora da realidade.

A opção mais barata da empresa são as cápsulas, que custam a partir de R$24,50. Já a alternativa mais cara é o saco de um quilo, que gira em torno de R$62,00. Pela qualidade, tem uma média de preço bem acessível.

Conclusão

Então, respondendo a pergunta do título: café Santa Lúcia é bom?

Sim, ele tem qualidade, muitas opções, preço acessível, além de ser produzido em uma das melhores regiões quando o assunto é cultivo de café.

Está esperando o quê para experimentar essa belezura?!

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!