e-descafeinado-tomar-de-estomago-vazio-faz-mal-leite-ansiedade-frutas-que-quem-tem-não-comer-alimentos
Curiosidades

Pode o Excesso de Café pode Realmente Acentuar a Gastrite?

Você já deve ter ouvido falar que o café pode prejudicar o estômago, principalmente quando consumido em excesso, essa fala é muito conhecida e repetida muitas vezes ao longo dos anos. Mas seria esse um caso de mito ou verdade?

Quando se trata de alimentação x saúde, existem diversos mitos que são propagados geração após geração, a relação café e estômago é uma delas e vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto e se há ou não alguma ligação entre os dois.

O que é gastrite?

Trata-se de uma doença que causa a inflamação da mucosa gástrica, da camada interna que reveste o estômago, a inflamação pode causar alguns sintomas como a sensação de queimação no abdômen superior, conhecido como “boca do estômago”.

Ela deixa uma sensação de má digestão, náuseas e vômito, quando os sintomas são mais graves. A gastrite é uma doença muito comum, não é grave, mas precisa ser diagnosticada e tratada com acompanhamento médico adequado.

Quais são as causas mais comuns de gastrite?

Muito se diz sobre alguns hábitos alimentares ajudarem na manifestação da gastrite, mas geralmente alimentação não está realmente ligada a doença, nos casos mais comuns assim como o estresse também não é um fator para tal.

Quando se trata principalmente da gastrite crônica, o tipo mais comum, está ligada principalmente a infecção causada pela bactéria Helicobacter pylori, que está presente no organismo de boa parte da população, sendo adquirida normalmente na infância.

Uma das causas mais comuns que está relacionada com a inflamação é o abuso de medicamentos como; corticoides e anti-inflamatórios a longo prazo. Esses destroem a barreira mucosa que protege o estômago do ácido que ele produz.

Existem causas mais atípicas que ocasionam a gastrite, como doenças autoimunes, fungos, bactérias, alguns parasitas e infecções virais que provocam a infecção da mucosa no estômago.

Pimenta

Ao ingerir algum alimento apimentado, você sente desconforto? Como já vimos até aqui, alimentos podem não ser a causa raiz da gastrite, mas se você já sofre com as dores ao comer algo com pimenta essa sensação se intensifica.

O motivo é que seu estômago já está sensível, e o contato com alimentos apimentados intensifica essa sensibilidade, sendo necessário muito cuidado ao ingerir essas comidas, de preferência evite sempre que possível.

Alimentos gordurosos

Sabe aquela batata frita tão saborosa? Não faz nada bem ao nosso estômago, principalmente se consumida com frequência, assim como outros alimentos gordurosos, como frango frito.

Estudos já comprovaram que a ingestão excessiva de gordura pode resultar em um quadro de gastrite em poucos meses, pois seu consumo causa inflamação no revestimento do estômago.

Mas não precisa de desesperar, existem as chamadas gorduras do bem, que não causam esses efeitos, as poli-insaturadas e monoinsaturadas, presentes em alguns alimentos como azeite de oliva, nozes e manteiga de amendoim.
Você também pode optar por usar outros métodos para preparar alguns alimentos, evitando assim a gordura do óleo na fritura de batatas, frango etc.

Café e Bebidas com Cafeína

Pela manhã talvez você também faça parte do time que precise de uma boa xícara de café, mas sentimos muito em lhe informar que o consumo da bebida pela manhã de estômago vazio pode agravar um problema de gastrite já existente.

É recomendado para quem já possui a inflamação, evitar consumir bebidas com cafeína, substituindo por outras como o chá verde que possui ação anti-inflamatória.

Não estamos dizendo que você não pode consumir café, mas recomendamos que fique atento ao seu hábito com a bebida para que não prejudique sua saúde e possa apreciar um cafezinho sem muitos problemas.

Embutidos resfriados

Não é novidade que o consumo de alimentos processados em excesso pode trazer malefícios a saúde, macarrão instantâneo, pão branco, alimentos com aromatizantes e corantes artificiais, podem desencadear uma gastrite, devido a irritação que causam no estômago.

Apesar de irresistíveis e fáceis de preparar, tente evitar o seu consumo, priorizando alimentos saudáveis preparados em casa.

Derivados do leite

Laticínios também se mostram pequenos inimigos quando se trata do nosso estômago, pois possuem um alto teor de gordura, como alguns queijos e creme de leite. Essa gordura aumenta a secreção de suco gástrico, piorando os sintomas do problema.

Apesar da gordura presente, tudo pode depender de como seu organismo funciona, então é sempre bom consumir pequenas quantidades de leite e seus derivados observando como seu organismo reage a eles.

Além disso, alimentos ricos em probióticos, podem aliviar alguns dos sintomas da irritação estomacal, além de auxiliar na melhora da digestão.

Álcool

Bebidas alcoólicas no geral, possuem em sua composição algumas toxinas que causam irritação no revestimento estomacal, consumido em excesso pode causar um belo estrago no seu estômago.

O consumo de álcool em excesso no estômago já irritado e inflamado, pode contribuir para que a doença evolua para uma úlcera estomacal, uma doença muito mais grave que a gastrite.

Fumo

O hábito está relacionado há outros problemas menos ligados ao estômago. Apesar de até o momento os estudos relacionados não terem encontrado uma relação direta entre fumo e gastrite.

Já se sabe que fumar retarda o processo de cicatrização natural da mucosa gástrica, agravando os sintomas estomacais, que podem levar ao desenvolvimento de úlceras.

Alimentos que geram alergia no estômago

Alguns alimentos, como vegetais, podem causar uma irritação no estômago de quem já sofre com o problema. É muito comum, em algumas pessoas, que após a ingestão de alho em certa quantidade gere um desconforto, a famosa queimação.

O alho foi apenas um exemplo, existem outros vegetais e alimentos, que podem causar alergia seguida de irritação, então é muito importante que você observe quais alimentos que após serem ingeridos te causam essa sensação e evitá-los.

Qual é o mecanismo da relação café x gastrite?

A relação entre os dois se dá, ao contrário do que as pessoas comumentemente imaginam, pelo efeito que o café causa no nosso sistema nervoso, não só por isso, mas este é um fator importante que não temos conhecimento.

Sabemos que a cafeína é um poderoso estimulante, sua absorção é rápida no trato intestinal e ao oposto do que imaginamos, o café possui uma baixa acidez e mesmo assim é uma substância capaz de causar irritação na mucosa gástrica.

Pois além do efeito direto no estômago, a estimulação que causa no sistema nervoso resulta na produção de mais ácido, desde modo os sintomas são acentuados, mesmo que a ligação entre gastrite e café não estarem diretamente ligadas.

Mesmo sem relação direta, é bom evitar o consumo quando se está com inflamações, assim como outros alimentos e bebidas com cafeína em sua composição.

Café promove o refluxo gastroesofágico?

Além de causar a irritação na mucosa, como já tratamos aqui, o café também causa o relaxamento do sfíncter do esôfago, permitindo que episódios de refluxo ocorram.

É bom ficar atento pois além de agravar os sintomas da gastrite o excesso de café pode prejudicar o esôfago, causando mais inflamações.

Pode beber café quem tem gastrite crônica?

Como vimos até aqui, não é recomendado o consumo da bebida, principalmente em excesso, mas sabemos também que uma boa alimentação seguindo as recomendações de um médico, pode possibilitar o consumo de forma moderada.

Como reduzir os efeitos da acidez do café no estômago?

Existem alguns métodos que podem ajudar a diminuir o desconforto comumentemente causado ao ingerir a bebida. Vamos te dar algumas dicas para que isso seja possível e assim você aproveite seu café ao máximo e com mínimo de incomodo.

Café cold brew

Trata-se de um método onde a extração do café é realizada a frio, ao contrário da tradicional com água quente. O método cold brew pode ajudar na diminuição das manifestações indesejadas que a forma habitual causa.

A técnica é mais lenta e pode levar até 18 horas para ficar pronto, esse processo dificulta a concentração de alguns ácidos presentes na composição do café. Resultando em uma bebida mais doce, suave e com menor teor de acidez ao paladar.

Café de torra mais intensa

Pode trazer benefícios para os que sofrem de gastrite diagnosticada e para aqueles que já notaram alguma sensibilidade ao ingerir a bebida. Pois na torra mais intensa existe um componente chamado N-Metilpiridínio (NMP) que está presente apenas nessa etapa da torra.

O NMP quando em contato com nosso organismo, ajuda a reduzir a produção excessiva de ácidos no estômago. Assim, quanto maior a quantidade de NMP no café consumido, menor é a chance de desconforto produzida pelo ácido em excesso.

Evitar tomar café preto com estômago vazio, ajuda?

Consumir café de estômago vazio não é uma prática recomendada, afinal como já vimos o café causa irritação no estômago além de estimular a produção de ácidos, que causam a sensação de má digestão.

Desta maneira, Sim!

Se possível evite consumir a bebida de estômago vazio, pois pode ser prejudicial para aqueles que sofrem de desconforto e irritação no estomacal.

Café descafeinado tem diferença para a gastrite?

Apesar de conter uma quantidade mínima de cafeína, ainda possui uma quantidade de ácidos da mesma forma que o café comum, que podem causar irritação no estômago, ou seja, qualquer quantidade de cafeína por menor que seja pode agravar os sintomas.

Se você já foi diagnosticado com gastrite, converse com seu médico sobre as restrições, mas já adiantamos que café e outras bebidas à base de cafeína e ácidos, principalmente cítricos, fazem parte dessa lista de restrições.

Conclusão

Assim como outros alimentos e bebidas quando consumidas em excesso causam malefícios a nossa saúde, o café também faz parte desse grupo. Mas você não precisa parar imediatamente o consumo da bebida.

Caso esteja sentindo desconforto, é preferível que consulte um médico para que possa tomar medidas corretas e assim apreciar sua bebida da melhor forma possível, e principalmente, sem sofrimento.

Referências:

https://www.coffeeandhealth.org/topic-overview/coffee-and-disorders-of-the-stomach/

https://thewholeportion.com/can-coffee-cause-gastritis/

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/10499460/

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!