origem-extra-forte-e-bom-regioes-brasileiras-500g-preco-gourmet-wikipedia-extra-forte
Curiosidades

Café Melitta é Bom Mesmo? Veja Nossa Resenha e Review!

No celular gire a tela para ver a tabela completa

PosiçãoCafé MelittaPreçoOnde Comprar
1Moido Tradicional 500gR$16,22Ve
2Moido Extra forte 500gR$13,99Ver
3Sabor da fazenda 500gR$14,79Ver
4Regiões Brasileiras Cerrado 250gR$11,49Ver
5Regiões Brasileiras MogianaR$11,49Ver
6Regiões Brasileiras Sul de MinasR$13,25Ver
7Cápsulas RistrettoR$20,49Ver
8Cápsulas StaccatoR$20,49Ver
9Cápsulas MarcatoR$20,49Ver
10Cápsulas TenutoR$20,49Ver
11Cápsulas AudacceR$20,49Ver


Para quem frequenta supermercados com frequência, conhece a maioria dos nomes dos produtos mais recorrentes na prateleira. No nicho do café, toda pessoa, sendo ele(a) dono de casa ou não, já viu várias vezes um pacote verde, com um quadrado vermelho escrito Melitta, não é mesmo?

Este é, sem dúvida alguma, um dos cafés mais famosos e tradicionais do Brasil.

Há muitos anos no mercado, a marca se tornou sinônimo de café para os brasileiros que consomem essa bebida. E, o mais legal de tudo, é que a companhia não ficou apenas no pó comum. Hoje em dia, eles oferecem opções variadas, tendo, inclusive, sua própria linha Gourmet.

Mas a pergunta que fica, e a que vamos responder hoje, é: o café Melitta é bom mesmo ou é só status?

O que é o café Melitta?

A história da Melitta vem de muitos anos atrás, mas precisamente na Alemanha de 1908. A senhora Melitta Benz recebia, constantemente, reclamações do seu marido, que dizia que o café que ela passava não era bom.

Por conta disso, ela percebeu que, na verdade, o problema estava no coador de pano. O sabor da bebida era prejudicado pois no momento da coagem, o item acabava por deixar passar uma pequena quantidade de pó para a xícara, contribuindo, assim, para um gosto ruim.

A ideia da senhora Melitta para solucionar o problema foi pegar uma caneca de latão e fazer vários furos na parte de baixo, e usar um mata-borrão para cobrir esta região. Sem saber, ela estava inventando o primeiro filtro de café.

O casal patenteou a ideia e o primeiro filtro de café surgiu em 1920, em Leipzig, em uma feira de amostras onde cerca de 1250 porta-filtros de alumínio com papel foram vendidos.

Anos depois, chegou a vez da marca “Melitta” ser patenteada.

Apesar de conhecermos a companhia por conta do café, os filtros e coadores sempre estiveram ligados à empresa, e por conta disso ganharam modelos mais modernos com o passar dos anos, chegando a opções de coadores de plástico e porcelana.

Para se ter ideia, desde sua criação, foi somente em 1962 que a Melitta lançou pela primeira vez o seu pó de café, que era embalado a vácuo. E isso foi só o começo!

Hoje em dia, a empresa trabalha com cafés tantos para o dia a dia, assim como linhas especiais e claro, os produtos para extração da bebida, como coadores e filtros de papel.

Quais são os tipos de café e grãos da Melitta?

Os cafés da Melitta são divididos em três grupos, vamos falar deles a seguir.

Quais são os cafés para o cotidiano?

A empresa trabalha com uma linha de café para o dia a dia, que é aquela que está mais presente na mesa dos brasileiros. Estes são pós com um preço mais convidativo e são achados facilmente em qualquer mercado, seja grande ou de bairro.

Tradicional

A primeira opção dessa linha é o tradicional. É um café vendido a vácuo, com uma intensidade de nível 8 e torra clássica.

Como é considerado pela própria empresa como um café tradicional, este não conta com características sensoriais marcantes. Por outro lado, ele desempenha bem o seu papel, é a bebida perfeita para o dia a dia e para quem não procura nada fora do padrão, digamos assim.

Extra forte

Com torra escura e também embalado a vácuo, esse café de intensidade 10 é para os amantes de bebidas fortes, como o seu nome dá a entender.

Além de ser um café mais forte, seu sabor é igualmente mais pronunciado e marcante.

Sabor da fazenda

Na linha sabor da fazenda você encontra torra tradicional, clássica e extra-forte.

Os cafés do Sabor da Fazenda são para aquele público que procura uma bebida de melhor qualidade, com um sabor um pouco mais acentuado e que permanece no paladar por mais tempo, mas ainda com um preço acessível.

Linha gourmet – com nomes de regiões brasileiras

Aqui, você encontra os cafés gourmets da Melitta, chamados por regiões brasileiras.

É uma linha de qualidade bem superior, que valoriza a produção em terras brasileiras e todo baseado num conceito de sustentabilidade.

Todos os grãos aqui são 100% arábica.

Cerrado

É um café de aroma intenso, com notas de chocolate e caramelo.

Ele é cultivado a uma altitude que varia de 800 até 1300 metros. É uma café de corpo moderado a encorpado, acidez delicada e cítrico, com um sabor adocicado de chocolate e seu final é longo.

Mogiana

O café da região de Mogiana é uma bebida aveludada e cremosa. Tem aroma frutado e com notas de nozes e chocolate. Também deixa um gosto na boca prolongado depois de tomado.

Sul de Minas

Já o café produzido ao sul de Minas tem um aroma intenso, com notas de amêndoas, chocolate e caramelo e isso se dá na região onde ele é plantado.

Ao sul de Minas se encontra uma temperaturas amena, além de uma altitude que varia de 850 até 1400 metros, influenciando diretamente para que se crie uma bebida com acidez cítrica, adocicada e um final longo.

Quais são as cápsulas de café compatíveis com Nespresso?

É claro que além de oferecer sabor, a Melitta também quer dar aos seus clientes praticidade. Por isso a empresa trabalha com uma linha de cápsulas que são compatíveis com as cafeteiras da Nespresso.

Aqui, você encontra 5 opções no formato de cápsula para quem procura qualidade e praticidade no dia a dia.

Ristretto

Um café encorpado com 25ml.

Staccato

Café com notas de amêndoas torradas e um toque de caramelo.

Marcato

Este café conta com notas marcantes de cacau torrado e um toque de frutas secas.

Tenuto

Uma bebida aromática com um mix de cereais e um leve toque de frutas cítricas.

Audacce

Café com um leve aroma floral e notas de frutas vermelhas.

Quais são os benefícios do café Melitta?

Sem dúvida nenhuma que a maior vantagem dos cafés desta marca são as variedades para todos os gostos e bolsos. Da bebida do dia a dia, à linha Gourmet, para quem quer algo novo e de qualidade, até as práticas cápsulas.

Além do mais, por ser uma marca com muitos anos de mercado, você não terá dificuldade para encontrar estes itens, seja na venda da esquina ou em grandes supermercados.

Onde encontrar para comprar?

Como acabamos de falar logo acima, seus produtos são muito fáceis de encontrar em qualquer mercado, sendo assim, já garanta os seus pacotes quando for fazer a compra do mês. Agora, se você pretende sair só para fazer isso, que tal trocar o mercado pelas lojas onlines?

Além de ganhar tempo nessa correria do dia a dia, você consegue fazer uma comparação de preços muito mais ampla e em menos tempo. Assim dá até para você experimentar a linha Gourmet com um preço mais conta.

Falando em preço, é bem comum que na internet você encontre produtos com um valor mais chamativo, ideal para todos os tipos de bolso.

Basta fazer uma pesquisa no próprio Google ou em sites especializados em comparação de custo que você com certeza vai achar aquela opção perfeita para o tanto que você deseja gastar.

E quanto ao frete? Sim, isso é uma preocupação recorrente. Mas muitas lojas também trabalham com desconto nas entregas, em alguns casos com o frete saindo na faixa.

As duas formas que você tem de economizar é: comprar pela internet e apenas sair para retirar o produto na loja, que na maioria das vezes oferece essa modalidade sem cobrar nada mais por isso, como é o caso da Magazine Luiza, por exemplo.

Ou optar por lojas que têm frete grátis com algumas condições. A Amazon, por exemplo, oferece entrega gratuita para seus assinantes ou na primeira compra para qualquer pessoa.

Já o Mercado Livre trabalha com entrega grátis em compras a partir de R$99,90. Para isso, você só precisa ter um cadastro no portal.

Além do preço, fique atento onde você vai fazer a compra. Muitas vezes o custo abaixo da média pode sair caro no final das contas se você levar um golpe. Por isso, ou prefira E-commerces famosos ou pesquise bem a loja antes de comprar, lendo os comentários de compras anteriores, por exemplo. Isso vai evitar que você tenha um prejuízo.

O preço do produto varia de acordo com o local que você está comprando e a média de valor do pacote com 500g, do torrado e moído tradicional ou extra forte, acaba ficando em torno de R$ 13,50.

Já a opção Sabor da Fazenda, de 500g tem seu valor em R$14,50.

Conclusão

E a pergunta final é: então o café Melitta é bom? É sim! Ele consegue ter qualidade e atender a diferentes demandas.

Tem opção para quem não quer gastar muito, mas que quer um item de qualidade, tem alternativa para quem deseja uma bebida Premium e também se preocupa com o meio ambiente e, para aqueles que, assim como eu, gostam de praticidade e não querem ter muito trabalho logo pela manhã, nas cápsulas compatíveis com as cafeteiras da Nespresso.

É realmente um café para todos os paladares e bolsos. E claro, não menos importante, fácil de achar em qualquer mercado.

Se nunca provou o Melitta, eis a sua chance. Temos certeza que você não vai se arrepender.

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!