café-arabica-quantos-existem-grãos-variedades-no-brasil-clube-pilão-melhor-brasileiro-drinks-com-cafe
Curiosidades

Quais são os 27 Tipos de Bebidas de Café para Preparar em Casa?

Qual o tipo de bebida com café você gosta de fazer pela manhã? Um café puro normal ou espresso? Ou quem sabe um cappuccino, café com leite e por que não um latte gelado para os dias quentes?

Apesar das milhares de receitas com esse grão, muita gente acaba ficando no básico, o que não tem nada de errado, mas, por outro lado, você está perdendo a chance de testar novas receitas e provar novos sabores.

Um café com leite é ótimo, mas que tal dar uma chance para um flat white ou um macchiato?

A seguir, separamos 27 maravilhosas receitas para você testar em casa.

Quais são os Tipos de Café e as suas Diferenças?

1 – Espresso

O espresso é um clássico entre os adoradores de café, apesar de não agradar a todos por ser uma bebida mais forte. Por outro lado, tem uma grande vantagem: ele serve de base para inúmeros tipos de bebidas. Você pode adicionar junto a ele leite, creme ou qualquer outro ingrediente que queira.

O espresso, para quem não sabe, é feito com uma infusão de alta pressão, e este processo é o responsável por extrair todos os sabores existentes no grão. Também é o companheiro perfeito para quem quer ficar mais acordado durante o dia.

2 – Cappuccino

Provavelmente essa é a bebida preferida de muita gente, até de quem não é muito fã de café puro. Apesar disso, sabia que o que tomamos aqui no Brasil não é a receita original?

A clássica, na verdade, leva cerca de duas doses de espresso coberto com uma camada de leite vaporizado, cerca de 60 mililitros. Por fim, a bebida é finalizada com uma espuma, também de leite.

Já no Brasil, além desses ingredientes, nosso cappuccino também leva chocolate e canela. Aliás, a nossa versão é muito mais saborosa, não é mesmo?

3 – Americano

Podemos dizer que o café americano é uma versão mais fraca, diluída do espresso. Normalmente a medida aqui é de três doses de água quente para uma de café.

Essa versão é perfeita para aqueles que não gostam do sabor forte e ácido do espresso tradicional. Caso queira encontrar um meio termo para deixá-lo não tão fraco, basta adicionar menos água. Você pode ir experimentando as dosagens até achar aquela versão que gosta mais.

4 – Latte

Esse é um clássico nas residências brasileiras. Também conhecido como café com leite. Nessa bebida o que mais predomina é o leite, como o próprio nome já dá a entender. Aqui, cerca de 30 mililitros dessa bebida é usada, podendo ser tanto na versão vaporizado ou na líquida aquecida.

É perfeito para quem gosta de café, mas numa porcentagem menor. Você ainda pode adicionar outros ingredientes para complementar o latte, como canela, por exemplo.

5 – Ristretto

O ristretto é bem parecido com o espresso, até mesmo no processo de extração. Ambos têm a mesma fermentação, assim como a mesma quantidade de água, de pressão de vapor e de grãos moídos. A diferença é que o ristretto tem uma concentração muito maior de café se comparado com o espresso.

6 – Long Black

O Long Black é um parente próximo do Americano. Mas aqui, ao invés de utilizar uma dose de café, você usa duas, o mesmo vale para a quantidade de água. Enquanto no long se usa duas, no americano a dose é três.

Além de ser mais forte que o americano, este tem mais volume que o doppio, que vamos falar lá na frente.

7 – Latte Macchiato

Enquanto o Macchiato é um café manchado de leite, o latte macchiato é o oposto, onde se usa mais leite do que café. Essa bebida é servida em um copo comprido, com mais da metade do recipiente preenchido com leite, em seguida vem o café e, por fim, uma fina camada de espuma de leite.

Além dessa diferença, o latte é mais cremoso e doce que o Macchiato original.

8 – Macchiato

Uma curiosidade com relação a esta versão é que algumas pessoas chamam ele de “espresso manchado”, e isso se deve ao fato de que ele é basicamente 99% café com uma ou duas colheres de chá de leite. Ou seja, literalmente manchado.

Inclusive, a palavra macchiato significa manchado em italiano, então tem tudo a ver.

9 – Flat White

O flat white costuma ser constantemente confundido com o cappuccino, e os ingredientes são realmente muito parecidos. A diferença é que aqui a quantidade de leite vaporizado é muito maior, e ele também não leva espuma na parte de cima.

10 – Caffè Breve

A base do caffè breve é o espresso com leite vaporizado. Ele é finalizado com alguns centímetros de espuma desse mesmo ingrediente.

11 – Caffè Latte

O café latte é um espresso que leva leite vaporizado e é finalizado com um pouco de espuma no topo da xícara.

Ele se parece muito com o Macchiato, mas se diferem no formato, na forma como são servidos e nas medidas dos ingredientes.

No macchiato, por exemplo, as camadas não se misturam, já no latte o café se mistura ao leite e este é finalizado com uma camada de espuma no topo da xícara.

12 – Piccolo Latte

O Piccolo Latte é como um cappuccino, mas menor. Além disso, ao invés da sua base ser de café espresso, ele é feito com ristretto. A dose de leite vaporizado também é menor.

Ele é finalizado com uma fina camada de espuma de leite.

13 – Cortado

Podemos dizer que o Cortado traz o melhor dos dois mundos: o amargor e a acidez do café juntos com a doçura e a cremosidade do leite vaporizado. Aqui, ambos têm a mesma quantidade na xícara.

É comum que alguns baristas adicionem uma camada de espuma de leite no topo para melhorar a textura do cortado, o que acaba deixando-o parecido com o cappuccino.

14 – Gibraltar

Este é bem parecido com o cortado, mas leva muito mais espuma do que o anterior, e ela ocupa bastante espaço da xícara.

A única desvantagem é que é uma bebida esfria muito rápido, então ele deve ser consumida logo após ser servida. Ah, em alguns casos ele vai acompanhado de uma unidade de canela em pau, para dar aquele gostinho a mais.

15 – Caffè Mocha ou Mocaccino

Também chamado de Mocaccino, o café Mocha é muito parecido com um café com leite comum, mas além desses dois ingredientes, ele leva também chocolate em pó, adoçante ou aromatizantes.

Algumas outras opções ainda contam com chocolate amargo, calda de chocolate ou calda de leite. Seja como for o preparo, as medidas são as mesmas para todos os ingredientes. É a opção perfeita para quem gosta de bebidas mais doces.

16 – Red Eye

Essa bebida é para quem gosta mesmo de café forte. Além de levar espresso, ele também conta com seis doses de café coado em máquina de gotejamento. Ele se parece com o americano, mas ao invés de usar apenas água quente, utiliza-se café coado.

Também é uma excelente opção para quem tem certa dificuldade de se manter ativo pela manhã, já que possui uma boa dose de cafeína.

17 – Black Eye

Este é ainda mais forte que o Red eye. Com uma base de espresso, essa bebida ainda leva uma dose de café da máquina de gotejamento.

Se você está tendo dificuldade em se manter acordado durante o dia ou ter mais ânimo para fazer tarefas depois do trabalho, pode apostar no Black Eye, ele com certeza vai te ajudar.

18 – Vienna

Se você ama um café bem cremoso, então você precisa fazer o Vienna em casa. A bebida tem base de espresso juntamente com duas medidas de chantilly, o responsável por dar essa textura ao líquido.

Uma dica é você fazer o chantilly em casa, já que os industrializados são cheios de açúcar. Para quem quiser sentir mais o gosto de café pode trocar a base de espresso por uma de doppio.

19 – Affogato

Você ama aqueles cafés que são uma mistura de bebida com sobremesa? Saiba que é o que acontece nesse caso.

Aqui, ao invés de utilizarmos espuma ou leite vaporizado, colocamos uma bola de sorvete, que normalmente é de baunilha. Já a base é de espresso, o que aliás é uma ótima combinação, pois assim o café corta um pouco o doce do gelato.

Aproveite para fazer algumas experimentações com outros sabores de sorvete.

20 – Double Espresso – Doppio

Seja pelo sabor ou pela quantidade da cafeína, o Doppio é a versão perfeita para aqueles que não se contentam como uma única dose de espresso.

Como o próprio nome já diz, ele é uma dose dupla do espresso. Além de ser mais forte, ele contém muito mais cafeína do que a versão simples, ideal para dar aquele up que a gente precisa para começar o dia.

21 – Café Gelado – Iced Coffee

Quer beber café inclusive nos dias quentes? Então prove o Iced Coffee. Ele pode ser feito tanto com espresso, como com o café coado.

Além do grão, a bebida ainda leva gelo, água ou leite. Em alguns casos, os baristas adicionam um aromatizante (canela, baunilha, chocolate, etc) para complementar o sabor do líquido.

22 – Lungo – Espresso Lungo

O nome já diz tudo, esta é uma versão maior do espresso, e é o oposto do ristretto. Assim como o seu primo, também é feito numa máquina própria para espresso. Ideal para quem gosta dessa extração, mas acha o tamanho comum muito pequeno.

23 – Galão

O Galão é de origem portuguesa, sendo uma versão mais cremosa e leve do cappuccino. Ele leva duas vezes mais espuma de leite do que a outra bebida citada.

É uma bebida com uma textura bem espumosa e perfeita para quem ama as características do leite vaporizado.

24 – Irish

Se você gosta de adicionar ingredientes menos comuns no seu café, então você vai adorar o Irish. Essa bebida leva uísque irlandês na sua composição, além de creme de leite do tipo fresco e uma colher de açúcar mascavo.

Para fazê-lo, você precisa esquentar, tudo junto, o açúcar, o café e o uísque, mas sem deixar eles ferverem. Em seguida, coloque a mistura em um copo comprido e cubra com o creme de leite. É delicioso!

25 – Palazzo

O Palazzo é muito consumido na parte sul da Califórnia. Ele é feito com doppio, que é resfriado logo após a sua preparação. Em seguida é acrescentado o creme de leite já adoçado.

O café é preparado em uma moka ao invés de uma máquina de espresso.

26 – Café au lait

Apesar do nome, este não é um café com leite comum. A base é com café feito da prensa francesa. Em seguida, uma dose de leite escaldado é adicionado.

Ele tem um sabor bem diferente por conta do leite ser escaldado a uma temperatura de 83 graus, mas é uma bebida deliciosa.

27 – Freakshak

Sabe aqueles milkshakes em copos enormes, com vários acompanhamentos? Bom, isso é basicamente o freakshake. Aliás, seu nome vem justamente da mistura que você pode fazer nessa bebida.

Ele leva os mais variados tipos de cobertura, além de chantilly, bolacha Oreo e tudo mais o que você imaginar. A montagem também não deixa a desejar e vai fazer a cabeça de quem ama doce. É de lamber os dedos, literalmente.

Conclusão

Às vezes hábitos são difíceis de se mudar, mesmo quando isso quer dizer trocar aquela receita de café que você está tão acostumado a fazer para começar o seu dia.

Por mais que iniciar a manhã com a sua mistura favorita seja uma coisa ótima, você tem que dar oportunidade para outras bebidas.

Ao não variar, você pode estar perdendo a chance de experimentar algo ainda mais gostoso. Não estamos falando para você abandonar sua xícara de café com leite ou espresso, mas provar algo novo.

Que tal experimentar uma receita por dia ou por final de semana, quando você tem mais tempo? Tenho certeza que você não vai se arrepender e ainda vai ampliar ainda mais o seu leque de bebidas favoritas.

Referências:

https://www.cuppabean.com/coffee-drink-types/

https://www.roastycoffee.com/coffee-types/

https://www.baristainstitute.com/blog/emmi-kinnunen/october-2019/affogato-ristretto-list-most-common-coffee-drinks

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!