curiosidade-cafe-no-brasil-espresso
Curiosidades

Quais São os 19 Fatos Curiosos e até Surpreendentes Sobre o Café?

Quando preparamos uma xícara de café pela manhã não temos muita ideia sobre quão interessante um mero grão pode ser.

Muito além da sua bebida preferida ou aquela que você toma para acordar e ser capaz de fazer as coisas do dia a dia, o café está envolto de fatos intrigantes e muito interessantes, vamos falar sobre eles a seguir, será que você sabe todos?

1. Quem bebe mais café no mundo?

Já é sabido que o Brasil é um dos maiores produtores de café no mundo todo, mas será que também somos os maiores consumidores desta bebida? Apesar do grão fazer parte do cotidiano de muitos brasileiros, não somos o país que mais consome esse líquido.

Esse posto pertence, na verdade, à Finlândia. Este país longínquo para nós, ingere anualmente cerca de doze quilos per capita. É café demais!

O consumo mundial é de 1,3 quilos por ano por pessoa.

2. Consumir muito café pode ser tóxico?

Quem diria, mas é verdade, esse queridinho pode ser sim algo tóxico para o nosso organismo. Na verdade, ele pode até levar à morte, mas para isso você teria que consumir muito café, mas Muito mesmo.

Para essa bebida te levar a óbito é necessário tomar de 80 a 100 xícaras de café dentro de quatro horas. É uma missão quase impossível, e que permaneça assim, tenho certeza que ninguém quer arriscar esse feito.

3. Qual o melhor horário para tomar café durante o dia?

Para quem ama esse item, toda hora é hora, mas cientificamente falando, o melhor momento para o nosso corpo ingerir café é entre as 9:30 e 11:30 da manhã.

O que faz todo sentido, já que é justamente nesse horário que precisamos estar dispostos para fazer tarefas do dia a dia, como trabalhar e estudar, e o café ajuda e muito nisso.

4. Café pode ser também considerado um medicamento?

Sim, e dos bons, diga-se de passagem. Segundo um estudo da Universidade de Lund, na Suécia, de 2008, beber café reduz o risco de câncer de mama nas mulheres, preferencialmente entre aquelas que já têm uma variante do gene CYP1A2, que é relativamente comum. Este ajuda a metabolizar o café e o estrogênio.

Um outro estudo, agora da Escola de Saúde Pública de Harvard, de 2011, entrevistou cerca de 48 mil homens que consomem seis ou mais xícaras de café por dia. Estes reduziram em 60% a possibilidade de desenvolverem câncer de próstata.

Por fim, também uma outra pesquisa comandada por Harvard, indica que o café é um excelente antidepressivo. Pessoas que ingerem de duas a quatro xícaras dessa bebida por dia tem cerca de 50% menos chance de pensar em suicídio comparado com outros indivíduos.

5. Por que chamamos a bebida de café?

Existem algumas controvérsias com relação ao verdadeiro nome do café. Alguns acreditam que essa nomenclatura surgiu há cerca de mil anos atrás, quando alguns comerciantes árabes o trouxeram de sua viagem a África. Assim eles apelidaram o líquido extraído do fruto de qahwa, que significa emocionante.

Foi com base nesta palavra que surgiu a nomenclatura kahve, que é turca, e café, em italiano.

Por outro lado afirma-se que, na verdade, este nome é por conta de uma região chamada Caffa, na Etiópia, onde o fruto floresce de maneira espontânea.

Durante o século XVIII a bebida ganhou dois apelidos, de vinho da Arábia – quando este chegou a Europa – e bebida do diabo, por conta das suas prioridades excitantes. Obviamente que esse último foi dado carinhosamente pela igreja da época.

Outro fato interessante é que durante anos o café era uma bebida de taberna – os bares dessa época.

6. Tem artista que tomou mais café do que outros ao longo da história?

Sim!

Entre as celebridades que amam essa bebida, o destaque fica para Johann Sebastian Bach. O músico chegou a dedicar uma peça musical para a bebida, o Kaffeekantate, que foi apresentada entre os anos de 1732 e 1735, em Leipzig, na Alemanha.

7. Por que em alguns lugares onde o mesmo café espresso é vendido, um é mais forte do que o outro?

Porque vai depender do grão que está sendo vendido. As duas principais espécies de café são Arábica e a Robusta. A Arábica, apesar de ser a mais valiosa e comercializada, tem muito menos cafeína do que a Robusta.

Outro ponto que interfere na intensidade da bebida de região para região é o nível e o processo de torra do grão.

A água usada, os processos que cada barista usa para extrair o líquido dos grãos e até mesmo o frescor dos grãos podem interferir.

Em Nápoles, por exemplo, o espresso é bem forte.

8. Há algum tipo de café naturalmente descafeinado?

Como se sabe, para que o café torne-se um grão descafeinado ele precisa passar por um processo artificial para que isso aconteça. Mas aposto que você não sabia que existe uma variante, que é única e que já nasce sem esse elemento.

O nome da espécie é Coffea charrieriana, que é originária de Camarões.

9. Qual o blend de café tem mais cafeína?

O robusta! Apesar dele não ser tão consumido quanto o Arábica, ele tem muito mais cafeína na sua composição do que o segundo.

10. Qual café tem mais cafeína, coado ou espresso?

A resposta parece ser bem óbvia, já que o espresso é uma versão mais concentrada de café. Mas, acredite se quiser, se você deseja uma xícara dessa bebida com mais cafeína, então opte pelo líquido coado.

Enquanto em uma xícara de espresso você tem cerca de 100mg de cafeína, no coado a quantidade salta para 128 miligramas.

E você ainda pode misturar os dois, se quiser. Aliás, essa combinação é chamada de café olhos vermelhos, ou seja, acorda até defunto.

11. O café com torra escura tem mais cafeína que o de torra clara?

Outro engano que pode ser cometido pelos amantes de café: achar que a bebida mais escura tem mais cafeína que uma clara. Na verdade, é justamente o oposto.

Se você quer mais cafeína, opte pelo café light. Por ele ser torrado por menos tempo, ele tem um volume maior dessa substância.

12. O café foi realmente descoberto pelas cabras?

Aparentemente, sim. Pelo menos é o que conta a lenda. Segundo essa história, um criador de cabras que morava na Etiópia percebeu que os animais ficavam mais agitados depois que consumiam o fruto vermelho.

Notando isso, o pastor acabou levando alguns grãos para um mosteiro e, pouco tempo depois, as pessoas começaram a usar esse fruto para fazer uma bebida, o café.

13. O pé de café necessita de muita ou pouca água?

Sim, muito mais que a carne bovina, inclusive. Enquanto os donos de gado gastam cerca de 1.800 galões para ter um quilo de carne, os produtores de café precisam de 2.500 galões para produzirem apenas meio quilo de café.

14. Os grãos de café podem variar de cor?

A resposta é sim. No começo, os grãos de café são verdes e, conforme vão amadurecendo, eles podem ficar vermelhos, amarelos ou laranjas, dependendo da variedade do fruto. Pra você ter uma ideia, existe uma versão vermelha do Bourbon e uma amarela.

15. O pé de café pode viver até 200 anos?

Pois é, um pé de café pode viver tanto quanto uma tartaruga. Uma muda totalmente desenvolvida sobrevive por até 200 anos.

16. O café tem mais variedade de sabores do que o vinho?

Sim, e o café sai muito na frente do vinho. Enquanto este tem cerca de 200 características aromáticas diferentes, o grão pode chegar a ter 1.500. É muita coisa.

17. O café espresso tem esse nome porque é feito rápido?

Apesar do nome dar realmente essa impressão, o espresso não leva essa nomenclatura por ser um café rápido. Na verdade, o termo advém de um verbo latino que significa pressionar para fora.

18. É verdade que o café perde 70% do seu sabor após dois minutos do seu preparo?

Verdade verdadeira! Segundo os padrões de preparo, o café não só perde cerca de 70% do seu sabor após dois minutos do seu preparo, como fica “velho” 15 minutos depois da extração.

19. Café desidrata?

Não, essa história de que tomar café desidrata é um mito. Segundo os cientistas da Universidade de Birmingham, algumas xícaras da bebida são tão hidratantes quanto água, então pode beber seu café tranquilamente.

Essa ideia veio, na verdade, de um estudo feito em 1920. Mas obviamente que com o avanço da ciência e dos meios de pesquisa, resultados mais atuais mostraram que a informação dele desidratar não é verídica. Apesar que ainda ficamos bem intrigados com quem consegue beber uma xícara quente de café, no calor.

Conclusão

Apostamos que mesmo sendo um amante de café, você não imaginava como esse grão é super interessante. Muito além de ser nosso companheiro em todas as nossas manhãs, o grão é repleto de histórias e significados que nem todo mundo conhece.

Consumir essa bebida é ótimo, mas saber um pouco mais da sua origem também é, isso com certeza vai mudar a forma como você consome ou mesmo enxerga o fruto.

Referências:

https://www.capsuleandcoffee.com/12-cose-che-forse-non-sai-sul-caffe/

https://www.centraledelcaffe.it/10-curiosita-che-non-sapevi-sul-caffe/

https://www.eatthis.com/coffee-facts/

https://www.thrillist.com/drink/nation/coffee-facts-things-you-didn-t-know-about-coffee

Gostou? Por favor nos ajude: compartilhe!